Notícias

Aluno Formare da Duratex vence Troféu Pardal com invenção de Microprocessador

  • A+ A-
  • PDF
  • Print option in slimbox / lytebox? (info)

A parceria Duratex criou o desafio ‘Professor Pardal’ para a unidade curricular de Criatividade. O objetivo era estimular os alunos a pensarem em uma invenção a partir de algo que já existisse.

 

“O resultado foi surpreendente, tivemos 18 projetos originais apresentados e o projeto ganhador do Troféu Pardal foi o aluno Anderson Cais, ele cirou um Microprocessador que simula vários videogames em apenas uma placa”, conta Gislaine Santos, coordenadora Formare da Duratex.

 

Os alunos se envolveram com a proposta e perceberam como é possível soltar a imaginação para criar em novos caminhos para resolver um problema ou para facilitar a vida no dia a dia. 

 

Veja o depoimento de Anderson Cais, o jovem vencedor do desafio, ele explica como foi sua linha de raciocínio para criar o novo objeto.

 

“Meu trabalho basicamente é um videogame que emula vários consoles antigos, como por exemplo o Super Nintendo, o Atari, o Nintendo 64, o Neo Geo, o Playstation1, entre outros. Além dele ser um emulador para jogos, ele também funciona como um aparelho de multimídia para assistir filmes, series e vídeos por streaming.

 

Uma das principais coisas que eu utilizei para construí-lo foi um Super Nintendo quebrado. Desmontei e retirei todas as peças do console quebrado e utilizei a carcaça como case para o novo videogame e alguns componentes eletrônicos, como por exemplo a chave de acionamento, que foi usada para ligar e desligar.

 

Para meu projeto funcionar utilizei um microcomputador chamado Raspberry Pi3, que é um computador do tamanho de um cartão de crédito que possui processador quadcore de 1,2GHz 64bits, 1Gb de RAM, Wifi e Bluetooth 4.1.

 

Seu sistema operacional é o Batocera, que é um Linux com algumas modificações especialmente para o Raspberry.

O microcomputador é um componente que esquenta muito, então usei um cooler de um computador antigo para refrigerá-lo. Também usei os fios desse computador antigo para fazer a ligação dos componentes.

 

O projeto funcionou perfeitamente, mas ainda pretendo fazer melhorias como por exemplo colocar um controle sem fio para jogar. Uma de suas principais características é que foi um projeto ecológico, onde utilizei muitas peças que seriam descartadas, colaborando com o meio ambiente.”

 

Confira as fotos:





(da Fundação Iochpe com contribuição da Duratex)

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

  • A+ A-
  • PDF
  • Print option in slimbox / lytebox? (info)
Joomla SEO by AceSEF